Publicado em 01/04/2016 às 19h40.

Jovem que matou ex durante sexo faz primeiro exame de sanidade

Vanya, 19 anos, foi presa em flagrante e confessou ter matado o ex, Marcos Catanio Porto

Redação
Foto: Reprodução/Youtube
Foto: Reprodução/Youtube

O primeiro exame de sanidade mental de Vanya Basílio Rocha foi realizado na manhã desta sexta-feira (1º), no Instituto Médico Legal (IML) de Vilhena (RO). A jovem matou o ex-namorado durante o ato sexual, em dezembro do ano passado. De acordo com o instituto, ela se mostrou calma, não chorou e não apresentou remorso na entrevista.

A suspeita também saiu sorrindo do IML, após a realização do exame feito pelo médico legista, Paulo Nogueira. “Os elementos colhidos hoje irão contribuir para elaborar o perfil psiquiátrico dela. No entanto, nesse momento, não há elementos para afirmar sobre uma insanidade mental. Ela precisa de uma avaliação psiquiátrica específica”, afirmou. O segundo exame será feito com um psiquiatra, mas  não tem data marcada.

Os laudos das duas avaliações definirão se Vania é inimputável – termo usado para pessoas que não têm capacidade para responder pelos atos.

O caso

Vanya, 19 anos, foi presa em flagrante e confessou ter matado o ex, Marcos Catanio Porto: “Queria matar alguém. Fiquei olhando olho no olho até ele morrer”, declarou.

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que Marcos levou 11 facadas, sendo no pescoço, abdômen, braços, mão e pernas. Segundo um croqui divulgado pela Polícia Civil, a perfuração de faca no pescoço foi o que motivou a morte do rapaz.

 

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.