Publicado em 08/03/2017 às 14h00.

Metade da produção científica é assinada por mulheres

O indicativo mostra que, nos últimos 20 anos, a proporção de mulheres que publicam artigos científicos cresceu 11%

Redação
Foto: Reprodução/Nações Unidas
Foto: Reprodução/Nações Unidas

 

A maior editora científica do mundo, a Elsevier, divulgou, nesta quarta-feira (8), que quase metade da produção científica brasileira é assinada por mulheres. O indicativo mostra que, nos últimos 20 anos, a proporção de mulheres que publicam artigos científicos cresceu 11%.

Em outros seis países – Reino Unido, Canadá, Austrália, França e Dinamarca –, o número de publicações realizadas por mulheres já atingiu pelo menos 40% do total.

A quantidade de pesquisadoras, contudo, muda de acordo com a área do conhecimento, segundo o relatório.