Publicado em 23/04/2017 às 10h50.

Ministro da Fazenda afirma que emprego no Brasil crescerá no fim do ano

Henrique Meirelles declarou ainda, em comunicado ao FMI, que a inflação no país vem caindo em "ritmo acelerado" enquanto a confiança aumenta

Redação
HENRIQUE MEIRELLES (Agência Brasil)
Foto: Agência Brasil / Divulgação

 

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, declarou neste sábado (22) ao Comité Monetário e Financeiro Internacional (IMFC), maior instância política do Fundo Monetário Internacional (FMI), que a recessão do Brasil está no fim, e que a economia do país voltará a florescer em breve. A defesa vem justo no momento em que se divulga o fechamento de mais de 60 mil postos de emprego fixo no mês de março.

“A confiança vem crescendo no Brasil e há sinais de que a longa recessão está se esgotando. O crescimento deve ganhar impulso no final do ano, apoiado pela criação líquida de empregos e o aumento de renda real. A redução da inflação tem prosseguido a um ritmo acelerado, abrindo espaço para acomodação monetária significativa, o que facilitará a recuperação”, disse ele, em documento enviado ao órgão.