Publicado em 27/11/2021 às 08h00.

Mulheres comandam 25% da advocacia brasileira, diz coluna

Daniela Borges é a primeira mulher a presidir a seccional baiana

Redação
Foto: Divulgação/OAB
Foto: Divulgação/OAB

 

A criminalista Patrícia Vanzolini é a primeira mulher a ser presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em São Paulo, mas não está sozinha nesta vitória. A informção é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Na Bahia, Daniela Borges, em Santa Catarina Cláudia Prudêncio, e no Paraná. Marilena Winter, também ganharam as eleições das respectivas presidências das seccionais. Essas quatro seccionais respondem por aproximadamente 25% da advocacia brasileira.



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.