Publicado em 06/03/2017 às 16h20.

Mulheres trabalham mais que homens, mas salário continua menor

A constatação foi divulgada nesta segunda-feira (6) pelo Retrato das Desigualdades de Gênero e Raça

Redação
Foto: Daniele Rodrigues/GOVBA
Foto: Daniele Rodrigues/GOVBA

 

As mulheres trabalham, em média, quase oito horas a mais que os homens no Brasil. O dado foi divulgado nesta segunda-feira (6) pelo Retrato das Desigualdades de Gênero e Raça.

O estudo é realizado com base em séries históricas de 1995 a 2015 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A jornada total média das mulheres, em 2015, era de 53,6 horas, enquanto a dos homens era de 46,1 horas.

Apesar de trabalharem mais, as mulheres, de acordo com a Organização Internacional do Trabalho, ganham 77% do salário que os homens recebem para executar o mesmo tipo de atividade.