Publicado em 09/10/2019 às 22h00.

Oléo no mar: Projeto Tamar deixa de lançar 800 tartarugas em Sergipe

"As equipes estão atentas, acompanhando o movimento das manchas", disse coordenador do projeto

Redação
Foto: Instituto Verdeluz
Foto: Instituto Verdeluz

 

Cerca de 800 filhotes de tartarugas marinhas deixaram de ser lançadas ao mar de Sergipe, pelo Projeto Tamar, devido as manchas de óleo que começaram a aparecer na costa litorânea desde o início de setembro.

Coordenador do projeto, César Coelho informou que o número é referente às tartarugas que foram capturadas. “As equipes estão atentas, acompanhando o movimento das manchas. E aí decidiremos qual a melhor alternativa par aos filhotes”, disse.

Normalmente, de cada mil filhotes de tartaruga lançados ao mar, um chega à idade adulta, por causa dos predadores naturais. “Mas o maior problema é a ingerência humana, que traz um prejuízo muito grande. Temos trabalhado bastante para acabar com as mortes das tartarugas da espécie Oliva, vítimas do arrasto do camarão”, acrescentou. As informações são do Estado de S. Paulo.

PUBLICIDADE