Publicado em 23/09/2021 às 09h38.

Operação contra milícias no Rio apreende R$ 2 milhões em criptomoedas

Valor estava com empresário apontado como operador de milicianos dos bairros de Rio das Pedras e da Muzema, Zona Oeste do Rio

Redação
Foto: Reprodução / Twitter
Foto: Reprodução / Twitter

 

A Polícia Civil do Rio de Janeiro encontrou nesta quinta-feira (23) cerca de R$ 2 milhões em investimentos em bitcoins.

O valor estava com o empresário Luiz Carlos dos Reis Príncipe, que é apontado como uma das pessoas que atuam na lavagem de dinheiro de milicianos de Rio das Pedras e da Muzema, na Zona Oeste da capital fluminense.

A Operação Blood Money realiza buscas e apreensões em casas e empresas dos 23 alvos dos grupos paramilitares.

De acordo com o jornal O Globo, o tipo de investimento chamou a atenção dos agentes, sendo uma evidência de que os milicianos já estariam aplicando em criptomoedas na tentativa de evitar o rastreio pelos órgãos de controle fiscal dos valores adquiridos a partir de negócios ilícitos.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.