Publicado em 26/10/2020 às 22h40.

Operação policial encontra supostas músicas inéditas de Renato Russo

Dono de estúdio é investigado por comercializar as músicas ilegalmente

Redação
Foto: Polícia Civil
Foto: Polícia Civil

 

Um material contendo pelo menos 30 músicas que teriam sido escritas por Renato Russo, líder da banda Legião Urbana, foi encontrado em um estúdio no Rio de Janeiro, na manhã desta segunda-feira (26). O dono do local é investigado por comercializar as músicas ilegalmente.

A ‘Operação Será’, em alusão a um dos maiores sucessos da banda, cumpriu mandados de busca e apreensão em alguns endereços do Rio para identificar a existência de eventuais obras do cantor.

A ação foi motivada por uma denúncia feita pelo filho de Renato, Giuliano Manfredini, ao estúdio usado pelo artista nos últimos anos de vida. O filho do cantor alega que encontrou um perfil na internet que oferecia músicas inéditas do pai, contudo, ele detém os direitos autorais das obras de Renato. As investigações foram iniciadas há um ano.

Renato Manfredini Júnior foi um dos fundadores da banda Legião Urbana, sucesso na década de 1980. O artista ainda fez carreira solo e teve diversas músicas gravadas por outros artistas. O cantor e compositor morreu aos 36 anos, em 11 de outubro de 1960, após complicações decorrentes da Aids.