Publicado em 30/03/2016 às 12h20.

Pai é preso por anunciar venda de bebê na internet

Homem disse que publicação não passou de brincadeira; mãe do bebê disse que não sabia do caso

Redação
Foto: Reprodução OLX
Foto: Reprodução OLX

 

A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (29), um homem que é suspeito de anunciar o seu próprio filho em um site de vendas na internet. Segundo a delegada Ana Maria dos Santos, o homem, de 24 anos, confessou ser responsável pelo anúncio e disse ter feito a postagem por brincadeira. O caso aconteceu no município de Contagem, em Minas Gerais. Ele foi identificado na web apenas com o nome de Abimael e trabalha como motorista de van.

Segundo a reportagem do portal O Tempo, Abimael será investigado para saber se realmente não queria vender o recém-nascido. O caso ganhou repercussão depois que o anúncio foi divulgado. A mãe do bebê e mulher do anunciante negou ter participação ou conhecimento do caso.

No anúncio, o homem descreve a criança e não estipula um valor. “Vendo lindo bebê com 10 dias de vida, homem, lindo, com saúde total e comprovada. Ótimo investimento. Valor a combinar”, diz o anunciante. A publicação estava acompanhada de uma galeria com cinco fotos da criança. A oferta foi publicada no fim da tarde de segunda-feira (28) no site de classificados “OLX”. O conteúdo foi retirado do ar por volta das 10h desta terça.

Temas: bebê , internet , pai , preso , site , vendi