Publicado em 24/09/2020 às 07h47.

PF faz operação contra desvio de R$ 9 milhões do SUS no Rio

Vereador do município de Magé, que seria o proprietário de um laboratório, é suspeito de participar de susposto esquema.

Redação
Foto: Divulgação/ PF
Foto: Divulgação/ PF

 

A Polícia Federal (PF) cumpre nesta quinta (24) dois mandados de prisão temporária e sete mandados de busca e apreensão contra suspeitos de desviar R$ 9 milhões em recursos públicos do Sistema Único de Saúde (SUS) no Rio de Janeiro. As informações são da Agência Brasil.

De acordo com a PF, investigações iniciadas em junho deste ano encontraram indícios de fraudes na contratação de um laboratório no município de Magé, na região metropolitana do Rio.

Ainda segundo a Polícia Federal, foram identificadas irregularidades no processo de contratação do laboratório, como o direcionamento da escolha de empresa específica, fraudes no processo de chamamento público e na execução do contrato.

A investigação encontrou indícios da participação de pessoas ligadas à Secretaria Municipal de Saúde de Magé e de um vereador do município, que seria o proprietário do laboratório beneficiado no esquema.