Publicado em 20/11/2019 às 11h14.

Quadrilha que fraudava benefícios do INSS é alvo de operação da PF

Investigações identificaram prejuízo da ordem de R$ 7,6 milhões aos cofres públicos, com o pagamento de benefícios obtidos de forma indevida

Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Arquivo Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Arquivo Agência Brasil

 

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quarta-feira (20) uma operação para combater uma quadrilha especializada em fraude previdenciária nos estados do Piauí, Maranhão e em Brasília.

As investigações da Operação Senes identificaram prejuízo da ordem de R$ 7,6 milhões aos cofres públicos, com o pagamento de benefícios obtidos de forma indevida.

“Com a deflagração desta operação, a economia gerada é de pelo menos R$ 13,6 milhões, apenas considerados os benefícios previdenciários identificados e suspensos nessa primeira fase da investigação”, afirmou a PF.

Os policiais federais cumprem desde as primeiras horas da manhã de hoje três mandados de prisão preventiva e nove de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal em Parnaíba.

Os investigados responderão pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, inserção de dados falsos em sistemas de informação e formação de quadrilha.

PUBLICIDADE