Publicado em 09/02/2020 às 12h00.

Suspeito de envolvimento na morte de Marielle é morto pela polícia na Bahia

Com Adriano Magalhães de Nóbrega foram encontradas uma pistola austríaca calibre 9mm e outras três armas

Redação
Foto: Renan Olaz/Câmara Municipal do Rio
Foto: Renan Olaz/Câmara Municipal do Rio

 

Um ex-policial militar, suspeito de ter envolvimento na morte da vereadora carioca Marielle Franco, em 2018, foi morto durante uma ação da polícia na cidade de Esplanada, interior da Bahia.

Adriano Magalhães de Nóbrega, mais conhecido como capitão Adriano, morreu na manhã deste domingo. O ex-militar é acusado de liderar uma das maiores milícias do Rio de Janeiro e estava foragido desde o início de 2019.

Foto: Divulgação/ SSP
Foto: Divulgação/ SSP

 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), Adriano estava sendo monitorado pelas equipes de inteligência após receber informações de que ele estava buscando um esconderijo no interior da Bahia.

O órgão informa que o ex-policial resistiu à abordagem e chegou a trocar tiros com as autoridades, mas acabou sendo ferido na troca e não resistiu aos ferimentos.

Com Adriano foram encontradas uma pistola austríaca calibre 9mm e outras três armas.

PUBLICIDADE