Publicado em 26/02/2020 às 14h22.

Informe publicitário: rede hoteleira de Salvador teve ocupação média de 95% durante a folia

Cruzeiros marítimos trouxeram à capital cerca de 15 mil turistas nos dias de folia

Redação
Foto: Divulgação/GOVBA
Foto: Divulgação/GOVBA

 

O Carnaval foi de ruas cheias e hotéis lotados. A média de ocupação dos hotéis da cidade bateu 95%, de acordo com o secretário de Turismo, Fausto Franco, que afirma que o período foi favorável também no interior do estado. Em Salvador, a alta foi especialmente registrada nas regiões próximas aos circuitos.

“Foi um carnaval excelente, tanto na capital quanto no interior do estado, que também teve ocupação acima dos 90%. Recebemos mais de dois milhões de visitantes no estado. Estamos estimulando a atração de visitantes o ano inteiro, com um modelo de trabalho intensivo”

O clima, as praias e a diversidade cultural, além da boa infraestrutura e serviços de qualidade, afirma a Secretaria de Turismo (Setur), são atributos da capital baiana para atrair os visitantes. Não foi diferente em 2020, que registrou no período uma média de ocupação de 95% na

As regiões de destaque são os bairros próximos aos circuitos da folia, onde muitos hotéis operam com capacidade máxima. Situado no Campo Grande, na entrada do Circuito Osmar, o Wish Hotel da Bahia atingiu um pico de ocupação de 97%, na última sexta-feira (21). Para a turista Stela Marinho, a escolha da hospedagem foi estratégica. “Para quem vem de fora e quer ver a festa bem de perto, ficar num hotel perto dos circuitos faz toda a diferença. A gente fica mais tranquilo e confortável. O deslocamento é mais fácil”.

Para atender a demanda de turistas no período, mais de 400 voos extras foram disponibilizados pelas companhias aéreas para os principais destinos carnavalescos da Bahia, com destaque para Salvador e Porto Seguro, pontua a secretaria. Já os cruzeiros marítimos trouxeram à capital cerca de 15 mil turistas nos dias de folia. O dia de maior movimento no porto foi na terça-feira (25), com a chegada de três transatlânticos.

PUBLICIDADE