Publicado em 22/02/2020 às 17h46.

Mais de oito mil materiais irregulares são apreendidos pela prefeitura no Carnaval

Materiais com restrição de publicidade e latas de cerveja de marcas diferentes do patrocinador são as principais apreensões

Redação
Materiais recolhidos pela Semop. Foto: Inácio Teixeira/Secom
Materiais recolhidos pela Semop. Foto: Inácio Teixeira/Secom

 

Fogareiros usados para assar queijo coalho e carne, vasilhames de vidro e barracas com estrutura de ferro ou alumínio. Estes são alguns dos itens apreendidos pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) nos dois primeiros dia da folia, por causa que podem causar riscos aos foliões. Na quinta-feira (20), foram 4.497 e, na sexta-feira (21), 3.595.

As principais apreensões foram materiais com restrição de publicidade e latas de cerveja de marcas diferentes do patrocinador oficial do Carnaval de Salvador. Os itens apreendidos podem ser resgatados a partir da próxima quinta-feira (27) no Setor de Guarda de Bens Apreendidos, localizado na Avenida San Martin.

Para a liberação, o usuário deve apresentar o comprovante do lacre do material recolhido e pagar uma taxa. O prazo para não perecíveis é de até 60 dias e os perecíveis 24 horas, contados a partir de quinta-feira.

PUBLICIDADE
Temas: Carnaval , Semop