Publicado em 25/02/2020 às 00h29.

Marcelo Adnet imita Bolsonaro em desfile de escola de samba

Humorista desfila pela São Clemente, que apresenta o enredo 'O conto do vigário', do carnavalesco Jorge Silveira

Redação
Foto: Reprodução/ TV Globo
Foto: Reprodução/ TV Globo

 

O humorista Marcelo Adnet desfilou pela escola São Clemente, nesta segunda-feira (24), em um carro alegórico com referências ao presidente Jair Bolsonaro. A escola apresenta o enredo ‘O conto do vigário’, do carnavalesco Jorge Silveira.

O samba é uma composição do próprio Adnet com André Carvalho, Gabriel Machado, Pedro Machado, Gustavo Albuquerque, Camilo Jorge, Luiz Carlos França e Raphael Candela. De acordo com o G1, o humorista disse à jornalista Renata Lo Prete, no podcast ‘O Assunto’, que não sairia vestido de Bolsonaro, mas “como um político”. “Aí a leitura pode ser de cada um”, disse.

Os limites da interpretação são nítidos. Vestido com a faixa presidencial, com peruca semelhante ao do chefe do Executivo, Adnet imitou os trejeitos do presidente ao acenar para o público e até ao fazer flexões de braço – exercício que Bolsonaro já fez diversas vezes. O carro alegórico trazia frases ditas pelo presidente, como “tá ok” e “a culpa é do Leonardo DiCaprio”, em referência à acusação de Bolsonaro contra o ator durante as queimadas na Amazônia.

PUBLICIDADE