Publicado em 29/05/2020 às 22h00.

Apesar de crise sanitária e PIB em queda, dólar fecha mês em queda

Moeda dos EUA abriu os negócios com alta, mas reverteu durante o dia; divisa se desvalorizou em 1,79% no mês

Redação
Foto: Reprodução/Getty Images
Foto: Reprodução/Getty Images

 

Mesmo com as incertezas geradas pelo novo coronavírus e o último dia útil do mês contar com o anúncio da queda do PIB de 1,5% no primeiro trimestre, o dólar fechou o mês em queda de 1,79%. Na semana, a divisa teve desvalorização de 4,19%. Maio foi o primeiro mês de 2020 em que o câmbio não registrou alta da moeda norte-americana.

O dia começou com alta do dólar, que fechou a sexta-feira cotado a R$ 5,34, com pequeno recuo de R$ 0,046 (-0,85%). Reações dos mercados a declarações do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Na bolsa, o Ibovespa também se recuperou durante o dia, alcançando alta de 0,52%. A B3 acumula ganho de 6,36% na semana e de 8,57% no mês. Em março, o Ibovespa tinha caído 30%, com o início da pandemia de coronavírus. Em abril, tinha recuperado parcialmente as perdas, subindo 10,25%. Fonte: Agência Brasil