Publicado em 26/05/2020 às 07h40.

Brasil começa a exportar carne bovina para Tailândia em meio à pandemia

Cinco frigoríficos brasileiros foram habilitados, pelo governo tailandês, a vender carne para o país

Redação
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação/Polícia Civil

 

Em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o Brasil fechou negócio com a Tailândia, na segunda-feira (25), e começou a exportar carne bovina para o país, com um mercado potencial de US$ 140 milhões por ano.

A crise provocada pelo vírus no mundo colocou outros países em alerta quanto ao abastecimento de alimentos, com alguns produtores controlando a venda de produtos ao exterior. Exemplo é a Rússia, que interrompeu a exportação de trigo.

Na contramão, cinco frigoríficos brasileiros foram habilitados, pelo governo tailandês, a vender carne para o país, o que inclui carne desossada, carne com osso e miúdos. Na sexta (22), o país anunciou que passaria a comprar também produtos lácteos do Brasil.

Nesta segunda, também foi finalizada a negociação para a abertura de venda de queijos para a Austrália, concorrente do Brasil no mercado global de carnes. Vale lembrar que, ainda durante a pandemia, lá no início, em fevereiro, o Brasil reabriu o mercado de carnes para os EUA. Abriu também para o Kwait. Com informações da coluna Painel, da Folha de S.Paulo.