Publicado em 14/11/2019 às 20h40.

Dólar volta a fechar no segundo maior valor desde criação do real

Moeda niciou a manhã em baixa, mas reverteu a tendência à tarde e firmou-se acima de R$ 4,19 na hora final de negociação

Redação
Foto: Arquivo/Agência Brasil
Foto: Arquivo/Agência Brasil

 

Em um dia de oscilações no mercado financeiro, a moeda norte-americana voltou a fechar no segundo maior nível da história. O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (14) vendido a R$ 4,193, com alta de R$ 0,006 (0,15%). A divisa está no segundo maior valor desde a criação do real, só perdendo para a cotação de R$ 4,196 registrada em 13 de setembro de 2018.

O dólar iniciou a manhã em baixa, mas reverteu a tendência à tarde e firmou-se acima de R$ 4,19 na hora final de negociação, até fechar próxima da máxima do dia. A moeda acumula valorização de 4,59% no mês.

Bolsa – No mercado de ações, o dia também foi de recuperação. O índice Ibovespa, da B3, fechou o dia em alta de 0,47%, aos 106.557 pontos. O indicador voltou a subir depois de dois dias consecutivos de queda.

Nos últimos dias, o mercado financeiro tem sido afetado pelas turbulências em países da América Latina. Diversos países da região enfrentam problemas políticos, que pressionam investidores estrangeiros. As incertezas em relação ao fechamento de um acordo entre Estados Unidos e China, que enfrentam tensões comerciais, também têm contribuído para a instabilidade nos mercados globais.

PUBLICIDADE