Publicado em 26/05/2017 às 21h00.

Em crise, Correios devem promover cortes de cargos de chefia

Ministro Gilberto Kassab já disse que, caso não ocorra um processo que traga de volta o equilíbrio financeiro, a empresa poderá ser privatizada

Redação
Foto: Gente e Mercado
Foto: Gente e Mercado

 

A reestruturação dos Correios prevê o corte de um número significativo de cargos de chefia e gerência. O presidente da estatal, Guilherme Campos, falou ao G1 que a empresa deve reabrir na próxima semana uma nova rodada do Programa de Desligamento Incentivado (PDI).

Esta seria a terceira rodada do PDI, que já teve adesão de aproximadamente 6,5 mil servidores. O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, já disse que, caso não ocorra um processo que rapidamente traga de volta o equilíbrio financeiro, os Correios poderão ser privatizados.