Publicado em 07/08/2020 às 17h49.

Mark Zuckerberg atinge fortuna pessoal de US$ 100 bilhões

Criador do Facebook ficou mais rico com alta de 6,5% nas ações da rede social, que subiram após lançamento de ferramenta semelhante ao app chinês Tiktok

Redação
Foto: Liu Jie/Xinhua
Foto: Liu Jie/Xinhua

 

O criador do Facebook, Mark Zuckerberg atingiu a cifra de US$ 100 bilhões de fortuna pessoal. Apenas Jeff Bezos, da Amazon, e Bill Gates, da Microsoft, têm fortunas maiores.

O aumento da fortuna de Zuckerberg veio com a alta nas ações do Facebook, que subiram 6,5% depois do lançamento do Reels, ferramenta do Instagram semelhante ao aplicativo chinês Tiktok, na quinta-feira (6). O novo recurso permite que os usuários postem vídeos curtos.

O Tik Tok corre o risco de ser banido dos Estados Unidos. O presidente Donald Trump assinou 1 decreto que proíbe empresas e norte-americanos de fazer transações com a ByteDance, proprietária do aplicativo chinês, caso o software não seja vendido para uma empresa dos EUA em 45 dias.

Zuckerberg fundou o Facebook em 2004 quando ainda estudava em Harvard. Aos 36 anos, ele tem 13% de participação na empresa, é o presidente e acionista controlador.