Publicado em 07/11/2020 às 08h30.

Pedidos de seguro desemprego recuam 16,9% em outubro

Número de solicitações está em queda desde junho; mas acumulado do ano permanece em alta, totalizando 5.912.022 trabalhadores

Redação
Foto: José Cruz
Foto: José Cruz

 

Depois de dispararem no primeiro semestre por causa da pandemia do novo coronavírus, os pedidos de seguro-desemprego recuaram 16,9% em outubro em relação ao mesmo mês do ano passado. O número de solicitações disparou no primeiro semestre, no começo da pandemia de Covid-19, mas desacelera desde junho.

No mês passado, 460.271 benefícios de seguro-desemprego foram requeridos, contra 553.609 pedidos registrados em outubro de 2019.

Apesar da queda em outubro, os pedidos de seguro-desemprego continuam em alta no acumulado do ano, tendo somado 5.912.022 solicitações de 2 janeiro a 31 de outubro de 2020 – alta de 3,6% em relação ao acumulado no mesmo período do ano passado, quando houve 5.710.635 solicitações. Com informações da Agência Brasil.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.