Publicado em 07/06/2017 às 14h40.

Petrobras reajusta gás de cozinha em 6,7% e avisa: aumento vai ser mensal

Índice anunciado incide sobre o preço de venda às refinarias. Se repassado integralmente ao consumidor, o aumento será de 2,2%, ou R$ 1,25 por botijão

Redação
Foto: Pedro Ventura/ Agência Brasília
Foto: Pedro Ventura/ Agência Brasília

 

A partir desta quinta-feira (8) o botijão de gás liquefeito de petróleo (GLP), o gás de cozinha, fica mais caro 6,7%. A medida foi anunciada nesta quarta (7) pela Petrobras com um aviso: pela nova política de preços da estatal, o produto passa a sofrer reajustes mensais.

O índice anunciado incide sobre o preço de venda às refinarias. Se repassado integralmente ao consumidor, o aumento no preço final será de 2,2%, ou R$ 1,25 por botijão de 13kg.

No último realinhamento, em 21 de março, o valor cobrado nas refinarias subiu 9,8%. Os reajustes serão automáticos, no dia 5 de cada mês. Com informações da Folhapress.