Publicado em 07/11/2019 às 11h46.

Aos 54 anos, morre irmão de Ivete, Jesus Sangalo

Empresário estava internado no Hospital Santa Izabel desde setembro último, após sofrer complicações de uma cirurgia bariátrica feita há cinco anos

Redação
Imagem: Rede TV/reprodução
Imagem: Rede TV/reprodução

 

Aos 54 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (7) o empresário Jesus Sangalo, irmão mais velho da cantora Ivete Sangalo. Ele estava internado no Hospital Santa Izabel desde setembro último, após sofrer complicações em decorrência de uma cirurgia bariátrica feita há cinco anos.

A informação foi confirmada ao bahia.ba por um amigo próximo do empresário. De acordo com nota divulgada pelo Hospital Santa Isabel, a morte de Jesus foi atestada às 10h.

O empresário, que passou um tempo brigado com a artista por suspeita de fraude, apresentou um quadro de sepse abdominal decorrente de complicação pós-operatória.

Discreta quando se trata da família, Ivete Sangalo chegou a falar sobre o estado de saúde do irmão em seu perfil no Instagram. Na época, a artista afirmou que o quadro do irmão estava melhorando, e agradeceu o carinho dos fãs e amigos.

“Queria agradecer pelas orações de vocês. Meu irmão já está bem, está evoluindo bastante e a gente está muito feliz.. Agradeço à vocês pelo carinho e oração. Hoje foi um dia bem bom pra todo mundo”, disse Ivete.

Ela ainda não se pronunciou sobre a morte do irmão.

Em contato com o bahia.ba, o amigo do empresário, produtor musical e radialista, Luis Ganem, falou sobre sua relação com Jesus.

“Nos últimos anos que eu convivi com ele, a gente se tratava de uma forma carinhosa, nos chamávamos de cetáceo. Sentávamos várias vezes para planejar o futuro, com produtos, com negócios. Ele tinha uma perspectiva de projetos futuros que já estavam bem adiantados. Foi um cara que sempre teve um humor muito apurado, e toda vez que ele ia fazer uma piada ele cerrava a sobrancelha de um jeito que só ele sabia fazer. Me tornei amigo dele depois da ausência dele na carreira da irmã, era um cara que sempre tinha uma história para contar. Vai fazer muita falta”, disse.

PUBLICIDADE