Publicado em 19/04/2021 às 09h27.

Apresentador contesta Xuxa na Justiça e pede R$ 50 mil de indenização

Xuxa moveu um processo contra Sikêra Júnior após o apresentador a chamar de pedófila e alegar que ela fazia apologia às drogas

Redação
Foto: RedeTV!/ Record TV
Foto: RedeTV!/ Record TV

 

O apresentador Sikêra Júnior está pedindo R$ 50 mil de indenização à apresentador Xuxa Meneghel em um processo movido por ela contra o contratado da RedeTV!.

De acordo com a coluna de Fábia Oliveira, do jornal ‘O Dia’, o apresentador resolveu contestar e contra-atacar a ação, movendo um processo dentro do que já existe.

Em ação protocolada no dia 28 de outubro de 2020, Xuxa pede R$ 500 mil ao apresentador depois de ter sido atacada pelo âncora do ‘Alerta Nacional’, que a chamou de pedófila e alegou que ela fazia apologia às drogas.

Na ocasião, Sikêra exibiu em seu programa um vídeo de um homem praticando o crime de zoofilia e simulou as cenas com seus funcionários no programa.

Revoltada com a situação, Xuxa mobilizou internautas para se posicionarem contra a zoofilia e a atitude do apresentador.

O advogado do comunicador apresentou um documento com mais de trinta páginas contra Xuxa, afirmando que o pedido da indenização foi feito de forma aleatória.

Segundo a coluna ele traz ainda um trecho de uma entrevista de Xuxa para a Vogue, no qual a eterna Rainha dos Baixinhos chama o apresentador de palhaço, de postura forçada, desengonçada, tosca e homofóbico. Sikêra se justifica afirmando que suas ofensas só existiram porque Xuxa o ofendeu antes.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.