Publicado em 14/07/2020 às 11h23.

Atriz de Glee ajudou filho a subir no barco antes de desaparecer, afirma polícia

Naya Rivera teve a morte confirmada na última segunda-feira (13), cinco dias depois do desaparecimento e 7 anos após a morte de Cory Monteith, também do elenco da série

Bianca Andrade
Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal
Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal

 

A confirmação da morte da atriz Naya Rivera, 33 anos, na última segunda-feira (13), abalou o mundo das celebridades de Hollywood.

A estrela do seriado musical Glee estava desaparecida desde quarta-feira (8), após um mergulho no Lago Piru, na Califórnia, e teve o corpo encontrado na manhã da última segunda pelos policiais que investigavam o caso.

Nas homenagens que foram prestadas a Naya, colegas de elenco ressaltaram o instinto maternal da artista e o amor que ela tinha por Josey, de 4 anos.

Durante a coletiva de imprensa realizada por um oficial da polícia, as palavras ditas sobre a atriz foram confirmadas. Segundo as autoridades do condado de Ventura, Naya ajudou o filho a subir no barco antes de desaparecer no lago.

“Sabemos ao conversar com o filho dela que ele e Naya nadaram no lago juntos em algum momento de sua jornada. Foi durante esse tempo que seu filho descreveu ser ajudado a subir ao barco por Naya, que o empurrou até o convés por trás. Ele disse a investigadores que olhou para trás e a viu desaparecer sob a superfície da água”.

Entre as homenagens feitas para a atriz, a de Kevin McHale, intérprete de Artie Abrams, revelou um plano dos dois para o futuro.

“Minha Naya, minha Snyxx, minha Bee. Eu de verdade não consigo imaginar esse mundo sem você. Há 7 anos hoje eu e ela estávamos juntos em Londres quando descobrimos como o Cory. Nós estávamos tão longe, mas eu fiquei muito grato por estarmos juntos. Há exatamente uma semana nós estávamos falando sobre fugir para o Havaí. Isso não faz sentido. E provavelmente nunca vai fazer”, escreveu.

O ator também ressaltou o amor que a artista tinha pelo filho e como ela havia nascido para ser mãe.

“Se você teve a sorte de conhecê-la, você sabe que seu maior talento era ser mãe. O jeito que ela amava seu menino era o ápice de sua paz. Eu sou grato por Naya ter colocado seu filho de volta naquele barco. Eu sou grato que ele tem uma família forte para protegê-lo e contar sobre sua incrível mãe”.

No Twitter, Kevin acredita que Cory Monteith, encontrado morto no dia 13 de julho de 2013, ajudou nas buscas pelo corpo da artista. “Eu não sou religioso de forma alguma, mas você ficaria pressionado para me convencer de que Cory não ajudou a encontrar nossa garota hoje. Esses dois, de muitas maneiras, eram as versões masculina e feminina um do outro. Tão legais, cuidados profundamente, eram estupidamente talentosos, as pessoas mais divertidas e realmente muito boas”, disse.