Publicado em 12/12/2015 às 08h50.

Cantora de Camaçari é ‘Referência Negra’ do Ilê Aiyê

Prêmio distingue personalidades que se destacam na luta contra o racismo e pela inclusão social dos afrodescendentes

Redação
cida black
Cida Black: 20 anos dedicados à causa da igualdade racial/Divulgação
Conhecida por sua dedicação à luta contra o racismo, a cantora Cida Black, de Camaçari – município da região metropolitana de Salvador, vai receber o troféu Referência Negra do bloco afro Ilê Aiyê. Ainda sem data marcada, a entrega do prêmio  será feita na sede da entidade, bairro Curuzu, em Salvador.

Para Cida Black, o troféu representa mais um motivo para continuar em Camaçari, “fortalecendo os grupos culturais e as bandas de levada da cidade”. Ela mora no bairro Natal, na sede do município.

Com 20 anos dedicados à música, Cida Black exalta na arte o orgulho negro e o discurso pela defesa da igualdade racial. Atualmente, ela desenvolve um projeto social que leva seu nome. A iniciativa é voltada para crianças e mulheres e promove atividades de percussão, artesanatos, pintura em tecido, corte e costura, turbante e amarrações e maquiagem afro.

Com informações da Ascom/Prefeitura de Camaçari 

 

PUBLICIDADE