Publicado em 06/11/2019 às 13h18.

Cine.ba: ‘Doutor Sono’ é destaque nas estreias da semana em Salvador

Além do terror baseado no livro de Stephen King, tem as estreias de Cadê Você, Bernadette? e O Relatório

Bianca Andrade
Foto: WARNER BROS.
Foto: WARNER BROS.

 

Tá afim de pegar um cinema no final de semana, mas ainda não sabe o que assistir? O bahia.ba trouxe para você as estreias da semana nas principais salas da capital baiana. Entre os destaques estão o terror Doutor Sono e o drama O Relatório. Confira:

Doutor Sono: na infância, Danny Torrance conseguiu sobreviver a uma tentativa de homicídio por parte do pai, um escritor perturbado por espíritos malignos. Danny cresceu, agora ele é um adulto traumatizado e alcoólatra. Sem residência fixa, ele se estabelece em uma pequena cidade, onde consegue um emprego no hospício local e cria um vínculo telepático com uma menina, paciente da instituição.

Cadê Você, Bernadette?: quem nunca sentiu vontade ligar o modo avião e sumir do mapa? Quando a vida de Bernadette (Cate Blanchett) começou a parecer sem rumo, ela resolveu fugir da sua zona de conforto e desaparecer misteriosamente, deixando tudo para trás. Agora Bee (Emma Nelson), sua filha, precisará juntar todas as pistas para descobrir onde foi parar essa mulher que imaginava conhecer tão bem, mas que se transformou em um verdadeiro ponto de interrogação. Classificação indicativa 14 anos, contém drogas e linguagem imprópria.

O Relatório: após os atentados terroristas de 11 de setembro de 2001, a CIA passou a adotar o uso da tortura como meio de obter informações de pessoas consideradas ameaças ao país, sob a justificativa de evitar a todo custo que um ataque do tipo acontecesse mais uma vez. Trabalhando para a senadora Dianne Feinstein (Annette Bening), o agente Daniel J. Jones (Adam Driver) inicia, em 2007, uma investigação interna acerca de denúncias sobre a destruição de fitas de interrogatório por parte da CIA, divulgadas através de reportagem publicada pelo jornal New York Times. Com muita dificuldade em conseguir os documentos necessários, Daniel dedica-se ao relatório por quase uma década, sem saber se um dia as descobertas por ele feitas serão expostas ao público.

Meu Amigo Fela: a história do músico nigeriano Fela Kuti, em contrapartida à perspectiva comum de sua imagem como um excêntrico pop star. Através de conversas com seu amigo pessoal e biógrafo oficial, Carlos Moore, o documentário constrói um complexo olhar sobre suas influências, seus relacionamentos, sua espiritualidade e o contexto cultural e histórico em que o músico viveu sua vida.

Retablo: segundo Paucar (Junior Bejar) é um menino de 14 anos que quer se tornar o melhor montador de caixas de brinquedo, como seu pai Noé (Amiel Cayo), para manter o legado da família. À caminho de uma celebração da comunidades nos Andes, Segundo acidentalmente observa seu pai em uma situação que abala seu mundo inteiro. Preso em um ambiente exageradamente patriota, Segundo tenta lidar em silêncio lidar com tudo que está acontecendo com ele.

Sefarad: em 1496, o rei D. Manuel proibiu o judaísmo e, por este motivo, a religião desaparece do país. 400 anos depois, Barros Basto (Rodrigo Santos), capitão do exército português, foi convertido ao judaísmo, e cerca de vinte comerciantes judeus fundaram a Comunidade Judaica do Porto, no norte de Portugal.

PUBLICIDADE