Publicado em 15/03/2017 às 16h15.

Fran Peterson e Luana Caetano abrem o jogo: Quem é a ativa da relação?

Ex-musa de bateria revela: "Minha mente e alma são mais masculinas do que imaginam"

Redação
Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

 

Quando o assunto é intimidade, Fran Petersen, que foi pedida em casamento pela namorada Luana Caetano durante o Carnaval do Rio de Janeiro, não faz mistérios. Ela revelou quem é mais ativa e a mais passiva na hora do sexo. “Luana sempre foi mais ativa desde o início. Ela sempre teve mais atitude. Ela quem me pediu em casamento logo na primeira semana de namoro. E na cama também faço a linha passiva e ela cai pra cima mesmo. Mas apesar de eu ser mais tímida às vezes tomo a frente nas situações, as duas são ‘o homenzinho’ da relação”, brinca Fran.

Luana diz que mesmo que pareça ser mais delicada que Fran, é ela que tem um perfil mais ativo: “Pode parecer mentira, mas quem pega no colo sou eu, quem usa o Jorjão, nosso brinquedinho, sou eu também. Pareço ser a mais delicada, né?! Mas minha mente e alma são mais masculinas do que imaginam”, admite Luana Caetano.

Fran Petersen revelou ainda que tem recebido inúmeras mensagens preconceituosas em seu Instagram depois que se revelou homossexual. “É muito triste isto, mas procuramos não ligar para o preconceito das pessoas. Queremos é ser felizes. Duas são mais fortes que uma”, afirma.

Ao relembrar um antigo namoro com um homem por seis anos, ela confessa: “A relação com ele estava muito desgastada. Não terminei por causa dela, acabou porque não dava mais. Pensamento e estilo de vida diferentes me fizeram terminar a relação. Sempre gostei de mulheres desde novinha, minha preferência é mulher, sem dúvidas, mas também gosto de homem. Nunca é uma palavra muito forte, não tenho como afirmar que nunca mais namoraria um homem, pois o destino a Deus pertence, mas no momento estou bem decidida do que quero”.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.