Publicado em 18/03/2021 às 08h35.

Globo defende Maju Coutinho em polêmica por fala sobre lockdown

Segundo a emissora, apesar de ter sido feito com palavras duras, o posicionamento da apresentadora do telejornal foi necessário

Redação
Foto: TV Globo
Foto: TV Globo

 

A TV Globo se pronunciou na última quarta-feira (17) após a repercussão negativa das declarações dadas pelas âncora do Jornal Hoje, Maju Coutinho, sobre o lockdown no país.

Por meio de nota divulgada pela Coluna Leo Dias, a emissora saiu em defesa da jornalista, que pedia mais rigidez nas restrições sanitárias contra a Covid-19 para uma redução dos casos no país.

Segundo a Globo, apesar de ter sido feito com palavras duras, o posicionamento da apresentadora do telejornal foi necessário.

“Maria Julia Coutinho quis dizer ontem que, por mais amargas que sejam, as medidas de isolamento social são necessárias. Sobre a dor daqueles que precisam manter seus negócios fechados, assunto abordado no Jornal Hoje desta quarta-feira, Maria Julia Coutinho disse ao final da reportagem: ‘Desejo também agilidade do governo e do Congresso para atender os empresários e também as famílias que estão aguardando auxílio emergencial’”.

A fala da apresentadora causou ainda mais polêmica pelo uso da gíria “o choro é livre”. Maju pedia para que as pessoas permanecessem em casa, no entanto, em sua declaração, a jornalista não levou em consideração quem não tem a possibilidade de cumprir o lockdown devido ao trabalho ou outras necessidades.

“As medidas restritivas de circulação estão se espalhando e os especialistas são unânimes em dizer que essas são medidas indispensáveis agora para conter a circulação do vírus. O choro é livre. Não dá para reclamar. É isso que tem”.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.