Publicado em 23/01/2021 às 11h00.

Justiça nega pedido de liminar de Thelma Assis, do BBB20, contra Eduardo Bolsonaro

Filho do presidente criticou médica por estrelar campanha da Prefeitura pedindo que as pessoas ficassem em casa

Redação
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

 

A Justiça de São Paulo negou para a campeã do BBB20, Thelma Assis, a Thelminha, o pedido de liminar feito contra o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

A médica pediu que o filho do presidente Jair Bolsonaro apagasse de suas redes sociais publicações em que a critica por viagem feita no fim de dezembro do ano passado a uma ilha. A viagem foi para uma ilha, alugada com exclusividade com as também ex-BBBs Manu Gavassi e Rafa Kalimman e a atriz Bruna Marquezine.

Na publicação feita citando a médica, Eduardo disse que Thelma recebeu R$ 180 mil para estrelar uma campanha da Prefeitura de São Paulo pedindo que as pessoas ficassem em casa por causa da pandemia da Covid-19. Ele ainda a chamava de hipócrita.

Mais notícias