Publicado em 11/01/2016 às 22h40.

Mansão da Playboy está à venda por U$ 200 mi com Hugh Hefner dentro

Espaço é o que não falta no imóvel situado em Los Angeles, nos EUA: são mais de 1.858 metros quadrados e 29 cômodos

Redação
89_big
Fotos: wikimapia.org

 

O fundador da revista Playboy, Hugh Hefner, está vendendo sua mansão em Los Angeles pela bagatela de u$ 200 milhões, conforme informou a empresa Playboy Entreprises.

O comprador que pagar este valor, tido como um dos mais altos já cobrados para uma residência nos Estados Unidos, além do imóvel, ganhará um presentão: a presença e a moradia do ex-proprietário.  Isso porque, pelos termos da venda, Hugh deve viver na mansão até o fim da vida.

Espaço é o que não falta: são mais de 1.858 metros quadrados e 29 cômodos.  “A mansão Playboy foi um centro criativo de Hef como sua residência e lugar de trabalho nos últimos 40 anos, o que continuará sendo com a venda da propriedade”, diz a companhia em comunicado.

Localizado a oeste de Los Angeles, em meio a cinco hectares nas colinas de Holmby, a mansão dispõe de instalações como quadra de tênis, adega, academia e piscina e conta com a “gruta Playboy”, local conhecido pelas famosas festas organizadas pelo fundador da ver vista.

E se o comprador tiver filhos, uma surpresa para eles: o espaço de cinco hectares tem licença para construção de um zoológico.

A casa foi construída em 1927 e comprada pela Playboy em 1971 por US$ 1,1 milhão. O motivo da venda do imóvel não foi revelado pela empresa.

PUBLICIDADE