Publicado em 16/06/2021 às 16h11.

Marcos Oliveira, o Beiçola, comenta bastidores da Grande Família: ‘Tratamento distanciado’

O ator disse que não tem contato com o elenco do programa  

Erem Carla
Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

 

Marcos Oliveira, o Beiçola da Grande Família, revelou que era tratado ‘diferente’ nos bastidores da gravação do programa da Globo. O ator lembrou como conseguiu a vaga no elenco e falou sobre sua relação com a emissora. 

Ele contou que sempre foi tratado como se o estivessem ajudando. “Eu sentia isso no tratamento distanciado, nas reuniões que eu nunca participava de ‘A Grande Família’. Acho que foi como uma cala boca. Deviam achar que ia morrer logo”, disse em entrevista ao podcast “Cortes Podcast”.

Sobre as relações por trás das câmeras, Marcos preferiu não relembrar. “Vamos deixar para lá, pois já foi. Não quero saber, não tenho contato com ninguém. Parece que saí da reencarnação sem nada”, afirmou. 

Em relação a TV Globo, o ator disse não saber se tem ressentimentos. “Lá dentro é a carreira. Acho que tenho uma mágoa, mas ao mesmo tempo não tenho. Única coisa que me faz viver não é querer saber da TV Globo. Isso é minha salvação. Não me interessa. Essa TV Globo eu não tenho a menor vontade. Gosto do Multishow, das outras possibilidades, dessa coisa nova. Fazer teatro, fazer vídeos”, disse.

Na oportunidade, o eterno Beiçola ainda lembrou como conseguiu uma vaga no humorístico, que chegou ao fim em 2014. “Me viram na peça de ‘Lisbela e o Prisioneiro’. Eu já estava com bolsa colostomia, com problema de saúde, mas mesmo assim eu fui e trabalhei. Fiz muita participação no ‘Zorra Total’ com saco de colostomia também”.

Atualmente, ele grava o programa de humor ‘O Dono do Lar’, no Multishow. A gravação foi remota e o programa estreou no começo de junho. 

 

Assista a entrevista: 

 

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.