Publicado em 20/04/2019 às 13h00.

MC Mirella será investigada pelo MPF por suposto tráfico internacional de menores

Uma adolescente acusou a funkeira de ter aliciado ela para um encontro com um "amigo" por R$ 5 mil

Redação
Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal
Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal

 

A funkeira MC Mirela será investigada pelo Ministério Público Federal (MPF) por uma suposta participação no crime de tráfico internacional de crianças e adolescentes para fins sexuais.

De acordo com o jornal ‘Extra’, o MPF instaurou uma investigação após os relatos de uma jovem de 17 anos viralizarem nas redes sociais.

A garota, que na época tinha 16 anos, revelou ter recebido uma proposta da artista para que ela passasse um final de semana com um “amigo”.

Mirella teria oferecido R$ 5 mil para a adolescente se encontrar com o rapaz, identificado como um empresário do Paraguai.

Em entrevista ao jornal ‘Extra’, o procurador da República Wesley Miranda Alves, frisou ter tomado conhecimento do caso após a repercussão nas redes sociais.

A cantora cheogu a dar sua versão do caso em um vídeo publicado nas redes sociais. Mirella considerou as afirmações feitas pela garota inverdades.

“Estou achando um absurdo! Sustento mais de 10 famílias. Trabalho e ralo muito. A pessoa que fez isso não tem noção. Você tem pais e eu também tenho pais. Você pensou neles? Sabe como eles estão? Minha avó que é uma senhora de idade me ligou desesperada porque viu a notícia na televisão. Você não mexeu só comigo. Você mexeu com minha família, comigo e com mais de 10 milhões de fãs meus”, disse.

PUBLICIDADE