Publicado em 25/11/2020 às 11h07.

Meghan Markle revela ter sofrido aborto de segundo filho com príncipe Harry

O aborto aconteceu em julho deste ano, e a duquesa de Sussex estava acompanhada do filho, Archie, quando descobriu o que estava acontecendo

Redação
Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal
Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal

 

A família real de Sussex estava prestes a ganhar um novo integrante, quando a duquesa Meghan Markle revelou ter sofrido um aborto de seu segundo filho com o príncipe Harry.

A notícia foi dada pela própria em um artigo publicado nesta quarta (25) no jornal norte-americano The New York Times. No texto ‘As Perdas que Compartilhamos’, Meghan conta que o aborto aconteceu em julho deste ano e ela estava acompanhada do filho, Archie, quando percebeu o que estava acontecendo.

“Era uma manhã de julho que começou tão normalmente quanto qualquer outro dia. Depois de trocar a fralda [de Archie, de um ano de idade], senti uma cãibra forte. Eu me joguei no chão com ele em meus braços, cantarolando uma canção de ninar para nos manter calmos. A melodia alegre em forte contraste com a minha sensação de que algo não estava certo. Eu sabia, enquanto agarrava meu primeiro filho, que estava perdendo meu segundo filho”, escreveu.

Para a duquesa, é necessário se falar sobre o aborto e o processo de luto, para que assim haja a cura.

“Perder um filho significa carregar uma dor quase insuportável, vivida por muitos, mas falada por poucos. Na dor de nossa perda, meu marido e eu descobrimos que em um quarto com 100 mulheres, s, 10 a 20 delas sofreram aborto espontâneo. No entanto, apesar da incrível semelhança dessa dor, a conversa permanece um tabu, cheia de vergonha (injustificada) e perpetuando um ciclo de luto solitário”, contou.

O texto foi escrito como um especial para o dia de Ação de Graças, celebrado nesta quinta-feira (26), nos Estados Unidos e em alguns outros países da América do Norte e América Central.