Publicado em 28/07/2021 às 15h53.

Orlando Drummond não reconhecia ninguém e estava sofrendo, diz filho

O ator, humorista e dublador morreu ontem (27), aos 101 anos

Redação
Foto: Globo/Estevam Avellar
Foto: Globo/Estevam Avellar

 

Orlando, filho do ator e dublador Orlando Drummond, que morreu nesta terça-feira (27), aos 101 anos, afirmou que o pai estava muito fraco nos últimos dias, não reconhecia mais os familiares e também havia parado de comer.

“A gente estava preferindo que isso ocorresse porque meu pai estava sofrendo muito, estava piorando e respondendo cada vez menos. Do último sábado para cá, ele já não se alimentava, nem respondia mais a ninguém. Quando ele teve alta do hospital, ele veio para casa reconhecendo todo mundo, interagindo, falando, comendo”, contou o filho em entrevista à revista Quem.

Orlando disse que a melhora do pai depois da alta em junho começou a mudar nos últimos dias. “Ele começou a apagar, não reconhecia mais ninguém, não interagia e parou de comer. Estava só no soro”, contou.

“Estamos aqui ao redor da minha mãe, minha irmã, meu cunhado e eu. Meu filho e meu sobrinho estão viajando e tentando antecipar o voo para o Rio. A família está toda reunida”, informou o filho do ator.

O ator, humorista e dublador Orlando Drummond, que ganhou fama como o Seu Peru, da Escolinha do Professor Raimundo, morreu, aos 101 anos, em decorrência de falência múltipla dos órgãos. Ele foi um dos primeiros vacinados contra a Covid-19 no Palácio da Cidade, no Rio, em janeiro deste ano. Em fevereiro, o ator recebeu a segunda dose do imunizante em casa. Ele deixa dois filhos, cinco netos e três bisnetos.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.