Publicado em 19/04/2021 às 16h43.

Sheherazade pede R$ 20 milhões em ação contra Silvio Santos por assédio e censura

Jornalista ainda diz que nunca recebeu nenhum direito trabalhista

Redação
Foto: Reprodução/SBT
Foto: Reprodução/SBT

 

A jornalista Rachel Sheherazade entrou com um processo contra o SBT e pediu uma indenização de R$ 20 milhões. Segundo o portal Notícias da TV, a ex-âncora do ‘SBT Brasil’ diz que nunca recebeu nenhum direito trabalhista e acusa o dono da emissora, Silvio Santos, de assédio moral e humilhação em rede nacional.

O documento destacou o momento em que a jornalista foi receber o prêmio de melhor apresentadora do ‘Troféu Internet’, uma categoria do ‘Troféu Imprensa’. Durante a cerimônia, que aconteceu em 9 de abril de 2017, Sheherazade diz ter sido humilhada por Silvio Santos.

“Eu te chamei para você continuar com a sua beleza, com a sua voz, foi para ler as notícias, e não dar a sua opinião. Se quiser falar sobre política, compre uma estação de TV e faça por sua própria conta”, disse o ‘dono do Baú’ à jornalista.

Para a defesa da apresentadora, o comportamento de Silvio foi depreciativo, preconceituoso, vexatório, humilhante, constrangedor e ainda “nitidamente machista, [que] colocou a figura feminina numa posição em que a beleza física é supervalorizada em detrimento dos atributos intelectuais”.

Além disso, a jornalista alega que foi suspensa da emissora em agosto de 2019, após um pedido feito pelo dono da rede de lojas Havan, Luciano Hang. Rachel Sheherazade foi demitida do SBT em setembro do ano passado.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.