Publicado em 07/07/2020 às 12h02.

‘Você não pode parar o brilho de garotas negras’, diz Lizzo após ser expulsa de casa

A cantora, vencedora de Grammy pela performance em "Truth Hurts", afirma que ela e suas outras seis amigas sofreram racismo ao serem despejadas de uma casa alugada

Bianca Andrade
Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal
Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal

 

Expulsa de uma casa que foi alugada para passar sete dias de férias, nos Estados Unidos, a cantora Lizzo, resolveu responder as ofensas que recebeu do proprietário de uma forma inusitada, dançando de fio dental.

A cantora, vencedora de Grammy pela performance em “Truth Hurts”, relata em seu desabafo que antes de ser despejada, foi zombada pelo dono da casa e afirma que ela e suas outras seis amigas sofreram racismo.

“Isto é para o homem que me expulsou do meu aluguel de 7 dias 3 dias antes de eu sair, ontem. Isso é por zombar da maneira que eu danço e por usar imagens de mim e das minhas 6 homegirls negras no Instagram para dizer que poderíamos ‘machucá-lo’ e ameaçar chamar a polícia. Eu sei que você está vendo a minha página, então eu só quero que você saiba que você não pode parar esse brilho de garotas negras. Obrigado por nos expulsar porque esta casa é melhor de qualquer maneira”.

This is for the man that kicked me out of my 7-day rental 3 days early yesterday. This is for mocking the way that I dance and for using Instagram footage of me and my 6 black homegirls to say that we could ‘hurt him’ and threaten to call the police. I know you’re watching my page so I just want you to know you can’t stop this black girls’ shine. Thanks for kicking us out cus this house is better anyways. Xoxo

A artista escolheu se confinar com amigas para cumprir o isolamento social em boa companhia.

“Apenas um grupo de garotas melanizadas tomando banho de sol. Sem rima ou razão. (Todas assumimos a responsabilidade de fazer testes [de Covid-19] e, felizmente, somos todas negativo. Por favor, fique seguro e use suas máscaras”.