Publicado em 17/09/2019 às 10h46.

Bahia e Vitória empatam em torcida, diz Datafolha; Tricolor é maior no NE

Estima-se que haja mais tricolores do que rubro-negros no Nordeste; pesquisa ouviu 2.878 pessoas 175 municípios de todo o país

André Carvalho
Foto: Montagem/Divulgação
Fotos: Maurícia da Matta/EC Vitória / Divulgação Facebook Esporte Clube Bahia / Edição bahia.ba

 

Pesquisa divulgada pelo Datafolha nesta terça-feira (17) apontou igualdade no tamanho das torcidas de Bahia e Vitória no território nacional. No recorte regional, no entanto, estima-se que haja mais tricolores do que rubro-negros no Nordeste. Foram ouvidas 2.878 pessoas, todas com mais de 16 anos, em 175 municípios de todo o país, entre os dias 29 e 30 de agosto.

De acordo com o levantamento, os clubes de Salvador têm 1% dos torcedores brasileiros, ao lado dos “grandes” Botafogo e Fluminense. Outros clubes nordestinos tradicionais, como Ceará, Fortaleza, Santa Cruz e Sport aparecem com a mesma porcentagem. Flamengo (20%), Corinthians (14%), São Paulo (8%) e Palmeiras (6%) lideram a preferência entre aqueles que declararam possuir um clube do coração – 22% disseram não torcer para time algum.

Levando-se em consideração apenas os torcedores nordestinos, o Bahia aparece à frente do Vitória, com 4% ante 2% do arquirrival. O Esquadrão de Aço, contudo, empata na região com o Sport, com quem disputa a hegemonia no Nordeste no que tange o número de conquistas nacionais – o Bahia é bicampeão brasileiro (1959 e 1988), enquanto os pernambucanos ostentam um título brasileiro (1987) e outro da Copa do Brasil (2008).

Ainda considerando o recorte nordestino, Bahia e Sport ficam atrás de outros clubes da região Sul/Sudeste – o Flamengo lidera com folgados 27%, seguido por Corinthians (9%), São Paulo (6%), Palmeiras, Vasco e Seleção Brasileira (todos com 5%).

No quesito técnico atual, torcedores do Bahia têm, atualmente, muito mais a celebrar do que o rival local Vitória e o adversário regional Sport. Enquanto o Tricolor ocupa a sétima colocação na Série A, lutando por uma vaga na Libertadores do ano que vem, os Leões da Barra (Vitória) e da Ilha (Sport) disputam a segunda divisão nacional. Os rubro-negros baianos estão em posição ainda mais incômoda do que os pernambucanos, lutando contra o rebaixamento para a Série C, ao passo que o clube de Recife ocupa a terceira posição no certame.

PUBLICIDADE