Publicado em 20/10/2019 às 12h00.

Bahia entra em campo com camisa ‘suja de óleo’ em protesto pelo vazamento no litoral

O time divulgou um manifesto no site oficial onde cobra punição dos responsáveis pela tragédia nas praias do Nordeste

Redação
Foto: EC Bahia
Foto: Felipe Oliveira/ E.C. Bahia

 

O uniforme do Bahia para a 27ª rodada do Campeonato Brasileiro será diferenciado.

O time entra em campo para enfrentar o Ceará na segunda-feira (21), em Pituaçu, com a camisa “suja de óleo”, uma ação em alerta ao vazamento de petróleo no litoral do Nordeste.

Além do protesto no uniforme, o clube que vem se posicionando em outras causas, divulgou um manifesto no site oficial onde cobra punição dos responsáveis pelo derramamento. Leia na íntegra:

Manchas de óleo chegaram às nossas camisas

O problema é seu. O problema é nosso.

Quem derramou esse óleo? Quem será punido por tamanha irresponsabilidade? Será que esse assunto vai ficar esquecido?

O Bahia é você, somos nós, cada ser humano.

É a forma como representamos o amor, o apego, o chamego, o sagrado, a justiça. O Bahia é a união de um povo que vibra na mesma direção, que respira o mesmo ar e que depende da mesma natureza para existir, para sobreviver.

Jogaremos nesta segunda-feira (21), contra o Ceará, em Pituaçu, com a camisa do Esquadrão manchada de óleo.

Um convite à reflexão: o que faz um ser humano atacar e destruir espaços sagrados? O lucro a qualquer custo pode ser capaz de destruir a ética e as leis que regem e viabilizam a humanidade?

A barbárie deve ser tratada como tal, não como algo natural.

PUBLICIDADE