Publicado em 13/12/2019 às 16h17.

Bahia sobe para 10º em ranking da CBF; estado tem 11 clubes na lista

Organizado anualmente pela CBF com base nos resultados dos clubes em competições nacionais, o RNC constatou, ainda, a manutenção do Vitória na 17ª colocação

André Carvalho

 

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

 

Sem a sonhada vaga à Libertadores do ano que vem, o ano de 2019 pode não ter se encerrado da maneira que os torcedores do Bahia gostariam, mas de acordo com a mais recente atualização do Ranking Nacional de Clubes (RNC) da CBF, divulgado na segunda-feira (9), o saldo da temporada do Esquadrão de Aço foi positivo: o clube saltou da 15ª para a 10ª colocação e se consolidou como a melhor equipe de fora do eixo Sul-Sudeste nas últimas cinco temporadas.

Organizado anualmente pela CBF com base nos resultados dos clubes em competições nacionais, o RNC constatou, ainda, a manutenção do Vitória na 17ª colocação e apontou a presença de onze clubes baianos na lista, mesmo número de Pernambuco, Minas Gerais e Paraná e inferior apenas a Rio Grande do Sul (13), Rio de Janeiro (17) e São Paulo (27).

À frente do Bahia no Top 10, estão, pela ordem, Palmeiras, Flamengo, Grêmio, Cruzeiro, Santos, Athletico-PR, Atlético-MG, Corinthians e Internacional. O bom desempenho do clube baiano no ranking se deve principalmente à boa campanha na Copa do Brasil, quando chegou às quartas de final – no Brasileirão, os tricolores terminaram na 11ª colocação.

O Vitória por sua vez, penou para se mantar na Série B, escapando da degola apenas na penúltima rodada. A manutenção da 17ª colocação na lista, assim, pode ser encarada como positiva. Levando-se em consideração a disputa com outros clubes de fora da região Sul-Sudeste, os rubro-negros ficam atrás apenas do arquirrival Bahia (10º) e do Sport (16º).

Outros nove clubes baianos figuram no RNC. São eles: Juazeirense (64º), Fluminense de Feira (81º), Jacuipense (99º), Vitória da Conquista (122º), Bahia de Feira (160º), Jacobina (189º), Galícia (204º), Colo Colo (213º) e Serrano (214º) – a lista ficará maior na próxima atualização, após a contabilidade dos pontos da participação do Atlético de Alagoinhas, que debutará na Copa do Brasil em 2020.

A boa representação de clubes do estado no ranking faz, ainda, com que a Bahia apareça em sétimo no Ranking Nacional de Federações, atrás apenas de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná, pela ordem.