Publicado em 14/12/2015 às 07h05.

Eleição direta: Assembleia do Vitória é barrada na Justiça

O pedido foi acatado, parcialmente, pelo juiz Gustavo da Silva Machado, da 1ª vara de Juizado Especial de Causas Comuns

João Brandão

A Assembleia Geral Extraordinária (AGE) do Vitória está cancelada. Marcado para o próximo domingo (20), o evento, que poderia marcar a eleição direta do Leão da Barra, foi barrado na Justiça após ação dos conselheiros Dilson Júnior e Juarez Dourado Wanderley, que ingressaram com uma petição para pedir a suspensão do encontro.

O requerimento foi acatado parcialmente pelo juiz Gustavo da Silva Machado, da 1ª vara de Juizado Especial de Causas Comuns. O magistrado determinou a suspensão da AGE “até que haja prévia apreciação das emendas propostas pelos conselheiros e aprovação do respectivo projeto pelo Conselho Deliberativo”. No dia 23 de novembro, a proposta de mudança no estatuto foi aprovada pela maioria dos conselheiros, após muita discussão.

PUBLICIDADE