Publicado em 22/10/2017 às 18h00.

Em Ba-Vi morno, Bahia leva a melhor e vence Vitória por 2 a 1

Tricolor assumiu a 11ª posição na tabela do Brasileiro, com 38 pontos; já o Leão seguiu momentaneamente na 16ª colocação, com 33

Mateus Soares
Foto: Marcelo Malaquias/EC Bahia
Foto: Marcelo Malaquias/EC Bahia

 

Com um futebol morno e sem grandes lances ofensivos, o Bahia conseguiu levar a melhor ao vencer o Vitória por 2 a 1, em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O último clássico na temporada foi realizado na tarde deste domingo (22) na Arena Fonte Nova.

Com o resultado positivo, o Tricolor assumiu a 11ª posição na tabela do torneio, com 38 pontos. Já o Leão permaneceu momentaneamente na 16ª colocação, com 33 pontos na bagagem.

Primeiro tempo – O Tricolor foi o primeiro a chegar na área adversária. Aos 2 minutos, falta na intermediária. O meia Allione fez a cobrança, mas a zaga rubro-negra afastou o perigo. Aos 13, mais Bahia no campo dos visitantes. Após nova cobrança de falta, o zagueiro Fred mandou para longe. Os anfitriões tomaram conta da posse de bola no início do jogo, porém sem chances reais de gol.

O primeiro chute aconteceu apenas aos 22 minutos depois de um contra-ataque do Leão. O volante Uillian Correia arriscou de longe e mandou à direita de Jean. Aos 34, grande oportunidade para a equipe vermelha e preta. Após erro de Mendoza, o atacante David arrancou em velocidade, entrou na área e bateu forte. A bola foi na rede, mas pelo lado de fora.

Aos 41, chance desperdiçada para o Esquadrão. Depois de um contra-ataque, o colombiano Mendoza errou o domínio, mas conseguiu chutar forte. No entanto, o goleiro Caíque jogou para escanteio. Apesar da jogada, os 45 minutos iniciais foi muito abaixo do esperado para o clássico. Com poucos lances ofensivos, o árbitro carioca Marcelo de Lima Henrique encerrou a primeira etapa.

Foto: Marcelo Malaquias/EC Bahia
Foto: Marcelo Malaquias/EC Bahia

 

Segundo tempo – Os dois técnicos preferiram não fazer mudanças no time durante o intervalo.

Logo no recomeço da partida, festa tricolor nas arquibancadas. Depois de uma bobeira do zagueiro Wallace, a bola sobrou para Mendoza, que bateu colocado na saída de Caíque: 1 a 0 para o Bahia. A torcida presente no estádio se animou depois do gol.

Aos 9 minutos, reação do Vitória. Após cruzamento de Juninho, Jean se esticou todo para tirar da cabeça de Tréllez. Aos 26, susto nos torcedores do Bahia. O atacante Tréllez recebeu lançamento e deu um toquinho de cabeça para tirar de Jean. A bola passeou em frente ao gol do jovem goleiro e foi para fora.

Aos 37, tudo igual na Fonte Nova. Em cobrança de escanteio, a zaga do Bahia falhou feio e Wallace aproveitou o vacilo para mandar a bola para o fundo das redes.

O placar não demorou muito tempo. Aos 43, também depois de um escanteio, Edson desviou de cabeça e, sozinho, Edigar Junio completou. Sem tempo para mais nada, o juiz encerrou o Ba-Vi: 2 a 1 para os donos da casa.

Sequência – Ainda com os dois times próximos da zona perigosa, a dupla Ba-Vi segue na luta para se afastar do Z-4. O próximo confronto do Esquadrão será contra o Fluminense, no domingo (29), às 16h, no Maracanã. O Rubro-Negro terá o Atlético-GO como adversário. As equipes também se enfrentam no próximo domingo (29), às 18h, no Barradão.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.