Publicado em 17/09/2019 às 16h42.

Em nota, Imbatíveis lamenta que integrantes tenham que ficar em anel superior da Fonte Nova

Segundo organizada, seus membros não possuem acesso ao primeiro anel do estádio, onde tradicionalmente fica a torcida

Redação
Foto: Reprodução / Youtube
Foto: Reprodução / Youtube

 

Em suas redes sociais, a principal torcida organizada do Vitória, a Imbatíveis, lamentou em nota que seus integrantes tiveram que ficar posicionados no último anel da Arena Fonte Nova.

O fato aconteceu no jogo contra o Guarani, estreia do time rubro-negro na nova casa, no último sábado (14).

“A ausência da bateria, bandeiras, adereços e de nossos sócios reunidos no mesmo anel não ocorreu por conta de algum protesto ou punição. A nossa festa, que só nós sabemos fazer, foi inviabilizada em virtude de que todo o nosso pessoal (bateria, material, diretoria) e grande parte de nossos integrantes serem sócios SMV Prata e se viram obrigados a ficar na parte superior do estádio”, disse o grupo, no comunicado publicado nesta terça-feira (17).

Segundo a Imbatíveis, reuniões foram feitas com o objetivo de conseguir liberação para que os torcedores da organizada pudessem ficar no primeiro anel, mas sem sucesso.

“Deixamos claro que não abriremos mão de estar no fundo do gol, que é onde a torcida se posiciona desde 1997 para apoiar o time e pressionar os adversários. Porém em respeito e solidariedade aos membros da nossa torcida, que não têm condições de pagar por um plano mais caro, permaneceremos com o plano prata, já que também o alto valor dos ingressos na Arena (R$60,00) não condizem com a realidade financeira da maioria. Caso a situação não seja resolvida, infelizmente seguiremos impedidos de fazer a festa que a nação rubro-negra está acostumada e o apoio ao Clube se resumirá apenas a presença da faixa”, conclui a nota.

O Vitória ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Ver essa foto no Instagram

[NOTA OFICIAL] Salve CAVERNADA e Amigos RUBRO-NEGROS, Viemos a público esclarecer alguns fatos lastimáveis ocorridos no jogo do Vitória na AFN e que geraram dúvidas entre os nossos sócios e em milhares de torcedores que apoiam as festas da única do estado. Vejamos: 1. Não é novidade que fomos contrários a ida do E.C.VITÓRIA para a Fonte Nossa. Somos e continuaremos sendo defensores do nosso maior patrimônio, o BARRADÃO; 2. Apesar disso, organizamos uma belíssima festa para apoiar o Leão, mas esta infelizmente foi prejudicada pela falta de apreço aos rubro-negros e principalmente pela falta na organização da setorizaçao do estádio. Com tudo isso só foi possível a estreia da nova faixa de 100 metros; 3. A ausência da bateria, bandeiras, adereços e de nossos sócios reunidos no mesmo anel não ocorreu por conta de algum protesto ou punição. A nossa festa, que só nós sabemos fazer, foi inviabilizada em virtude de que todo o nosso pessoal (bateria, material, diretoria) e grande parte de nossos integrantes serem sócios SMV Prata e se viram obrigados a ficar na parte superior do estádio; 4. Ao longo da semana realizamos diversas tentativas de diálogo visando a manutenção do Sócio Prata, que conta com o maior número de sócios nos quadros do SMV, posicionados atrás do gol (setor norte inferior e/ou intermediário), como SEMPRE ocorreu nos jogos com mando de campo do VITÓRIA. No entanto, nossos apelos de nada adiantaram; 5. Os sócios foram alocados no local mais apertado e distante do campo, com poucas opções de entrada, o que ocasionou grande desconforto e tumultos antes e durante o início da partida, além de sócios espremidos, pulando a catraca e sem registrar o acesso. Uma grave injustiça com o torcedor que apoia há anos o clube, nos momentos bons e ruins, viajando por todo o Brasil para apoiá-lo; (CONTINUAÇÃO NOS COMENTÁRIOS)

Uma publicação compartilhada por OsImbativeis_Oficial (@osimbativeis_oficial) em

PUBLICIDADE