Publicado em 21/09/2020 às 19h00.

Especialistas em leitura labial confirmam que Neymar foi alvo de racismo durante jogo

Segundo profissionais, jogador chamou brasileiro de "macaco" em espanhol

Redação
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

 

Especialistas em leitura labial confirmaram que o atacante Neymar foi alvo de um comentário racista dito pelo zagueiro do Olympique de Marselha, Álvaro González. Durante a partida entre o time e o Paris Saint-Germain, clube de Neymar, o jogador disse para o brasileiro a palavra “mono”, que significa “macaco” em espanhol.

“Ele fala a palavra ‘mono’ em espanhol, no momento em que ele, inclusive, fala e vira a boca. Ali fica claro. A gente não conseguiu, por exemplo, perceber o que ele fala antes de falar a palavra ‘mono’. Mas a palavra ‘mono’ foi um trecho que a gente teve consenso na hora em que estava fazendo o trabalho de leitura labial”, explicou o tradutor de libras, Felipe Oliver, em entrevista à TV Globo.

Além dele, a reportagem também ouviu o integrante da Associação de Surdos do Rio de Janeiro, Luis Felipe Ramos, e o tradutor de libras e funcionário do Instituto Nacional de Educação de Surdos, Mikel Vidal.

O comentário foi denunciado por Neymar durante a partida, que ocorreu no último dia 16 deste mês. Na ocasião, o brasileiro foi expulso do jogo após ter agredido o adversário com um tapa na cabeça.