Publicado em 20/12/2015 às 14h40.

Futebol Espanhol em alta: Barcelona vence mundial e Real massacra Rayo

Time catalão vence River por 3x0 e conquista o Mundial de clubes pela 3a vez

Agência Estado

O Barcelona fez valer neste domingo, na final do Mundial de Clubes, todo o seu favoritismo e o domínio que impôs na Europa no primeiro semestre do ano. O time catalão conquistou o título com uma vitória incontestável sobre o River Plate, no International Stadium, em Yokohama. O placar de 3 a 0, com dois gols de Luis Suárez e um de Lionel Messi, voltou a comprovar o poder ofensivo do time catalão, mas não fez jus ao domínio espanhol, que poderia ter goleado o rival argentino no Japão.

Para o Barcelona, a conquista marca um domínio recente no Mundial. Trata-se do terceiro título em sete anos. Como venceu em 2009 e 2011, se tornou o time com mais troféus desde 2000, quando a Fifa passou a organizar a competição – foi ainda vice-campeão em 2006, ao ser derrotado pelo Internacional na final.

O troféu também sela um ano brilhante para o time catalão. Foram ao todo cinco títulos em 2015, três deles no primeiro semestre: Campeonato Espanhol, Copa do Rei e Liga dos Campeões. No início do segundo semestre, faturou a Supercopa da Europa. E agora a torcida catalã comemora o Mundial de Clubes.

 

Real Madrid – O Real Madrid viveu neste domingo um dia que provavelmente demorará para ser esquecido pelos torcedores. Tanto os dele quanto os do Rayo Vallecano, que viram sua equipe ir ao Santiago Bernabéu e sofrer uma goleada histórica pela 16.ª rodada do Campeonato Espanhol. Cristiano Ronaldo, Benzema e Bale comandaram os incríveis 10 a 2 no confronto. Foram quatro gols do galês, três do francês e dois do português. O brasileiro Danilo também deixou sua marca.

É bem verdade que o Real contou com uma ajuda da arbitragem quando o confronto ainda estava equilibrado. Quando o Rayo vencia por 2 a 1, teve um jogador expulso de forma justa, mas pouco depois viu o árbitro marcar pênalti inexistente em Sergio Ramos e ainda mostrar o vermelho para mais um de seus atletas.

Independentemente da forma como foi construída, a incrível goleada levou o Real a 33 pontos, colando no líder Barcelona e no segundo colocado Atlético de Madrid, ambos com 35. O Rayo, por sua vez, segue fazendo péssima temporada e está na zona de rebaixamento, em 18.º, com somente 14 pontos.

PUBLICIDADE