Publicado em 17/09/2019 às 14h49.

Hamilton assume medo de morrer em acidente automobilístico

Pentacampeão mundial de F1 citou acidentes recentes envolvendo pilotos

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

O pentacampeão mundial de F1 Lewis Hamilton assumiu e chamou atenção para os riscos que pilotos de corrida correm ao participarem de esportes automobilísticos.

Em entrevista para o site “Autosport”, ele citou a morte recente do francês Anthoine Hubert durante uma corrida da Fórmula 2.

“Antigamente, quando acontecia o tempo todo, era ‘ah, esses caras são super-heróis, acontece o tempo todo, ele se esquivou da morte!’. Mas enquanto estamos num período mais seguro, a morte ainda está lá, ainda é uma possibilidade em potencial. […] Tenho consciência de quando vou lá, que meus dias estão contados, sabia?”, disse o inglês.

Hamilton ainda afirmou que o acidente de Anthoine Hubert em Spa-Francorchamos lhe deixou muito abalado.

“Experimentei isso (antes). Obviamente, tivemos isso no Japão (com Jules Bianchi, em 2014), tivemos essa experiência, mas então eu tive outra com um colega 11 anos no fim de semana de corrida, quando eu estava correndo quando criança. Então, eu já tinha experimentado isso antes. E para um piloto, isso realmente bate forte”, afirmou.

PUBLICIDADE