Publicado em 23/09/2020 às 20h50.

Sobe para 27 o número de infectados pelo coronavírus no Flamengo

Lista inclui o técnico, o presidente e 16 atletas; clube tenta adiar jogo contra o Palmeiras, mas CBF ainda não confirmou

Redação
Foto: Alexandre Vidal/Flamengo
Diretor Marcos Braz é um dos que contraíram a Covid-19 Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

 

Subiu para 27 o número de membros da delegação do Flamengo que viajaram para o Equador e testaram positivo para o novo coronavírus. Com tantos problemas gerados pela pandemia, o atual campeão brasileiro pediu o adiamento do jogo contra o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro, no domingo (27). A Confederação Brasileira de Futebol ainda não se pronunciou.

A lista de isolados por ter contraído a Covid-19 inclui o presidente, Rodolfo Landim; o técnico, o espanhol Domènec Torrent, e 16 atletas do time principal. Sete jogadores nem enfrentaram o Barcelona de Guaiaquil, na terça-feira (22).

O vice-presidente de futebol, Marcos Braz, e o membro do Conselho de Futebol Dekko Roismann integram a lista dos que testaram positivo. Os zagueiros Thuler e Rodrigo Caio, o volante João Gomes, o meia Everton Ribeiro e o goleiro Gabriel Batista tiveram a contaminação confirmada nesta quarta, mas ainda esperam o resultado da contraprova.

Outros quatro jogadores e cinco membros da comissão técnica, ainda não identificados, se incluem na lista de contaminados.

O caso do atacante Lázaro é mais enigmático. O atleta do sub-20 viajou ao Equador para recompor o grupo após os primerios sete casos. Fez dois testes, realizados pela CBF e pela confederação sul-americana (Conmebol). No primeiro deu positivo e o segundo, negativo. O jogador fez um terceiro exame nesta quarta. Com informações do GE.