Publicado em 22/01/2020 às 14h06.

Cervejaria Ambev deve gerar até 1 bilhão em negócios com meta para eliminar poluição

Projeto será posto em prática a partir de 2020 e a meta é eliminar completamente a produção de embalagens plásticas até 2025

Redação
Foto: Ambev/ Divulgação
Foto: Ambev/ Divulgação

 

A Cervejaria Ambev pode gerar aproximadamente 1 bilhão de reais em negócios nos próximos anos com uma das metas consideradas mais ousadas da história da empresa, a eliminação da poluição plástica de suas embalagens.

A meta traçada pela cervejaria é de que até 2025 todas as suas embalagens estejam fora da rota de plástico poluente.

A ação, que conta com a parceria das empresas ValGroup, ANCAT (Associação Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis) e a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), será feita em três etapas:

(I) eliminação e substituição de plástico desnecessário; (II) utilização de embalagens retornáveis ou conteúdo 100% reciclado na composição de novas embalagens; e (III) investimento em inovação e tecnologias para circularidade, reciclagem e novos materiais.

“Em 2018, a gente já tinha anunciado a meta de ter 100% dos nossos produtos em embalagens retornáveis ou que fossem majoritariamente feitas de conteúdo reciclado até 2025. Agora queremos ir além para ajudar a resolver o problema da poluição plástica, que preocupa o mundo todo”, explica Jean Jereissati, presidente da Cervejaria Ambev.

Entre os projetos, estão investimentos em pesquisa & desenvolvimento, iniciativas de logística reversa, substituição de matérias primas, diminuição da gramatura, eliminação do plástico em algumas embalagens, parcerias com startups, fomento à reciclagem, conscientização da população, entre outras.

PUBLICIDADE