Publicado em 22/07/2020 às 14h33.

Podemos planeja programa de compliance para evitar ilegalidades no partido

De acordo com o partido, audiências vêm sendo realizadas com sociedade civil organizada e poder público para tratar o assunto

Redação
Foto: Divulgação/ Podemos
Foto: Divulgação/ Podemos

 

O Podemos, comandando nacionalmente pela deputada Renata Abreu, prepara um dispositivo para evitar ilegalidades no partido. O Programa de Compliance e Integridade Partidário está com lançamento em fase de preparação, após reuniões com representantes da sociedade civil organizada e do poder público.

De acordo com o partido, desde maio estão acontecendo audiências com organizações como o Instituto Brasileiro de Direito e Ética Empresarial (IBDEE), com o Instituto Ethos, com o Instituto Não Aceito Corrupção (INAC), com o Observatório Social do Brasil (OSB), com a Transparência Internacional Brasil, com a Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE) e com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“O programa já está em desenvolvimento. Em breve, haverá o lançamento, com total apoio da Presidência e dirigentes nacionais. Uma Diretoria Nacional de Compliance Integridade foi estabelecida e a Secretaria Nacional de Transparência está atuante junto ao tema”, explicou a presidente nacional do Podemos, Renata Abreu.