Publicado em 31/12/2018 às 17h30.

Considerado um dos pais da internet, Lawrence Roberts morre aos 81 anos

Também conhecido como Larry Roberts, cientista norte-americano foi vítima de um ataque cardíaco no dia 26 de dezembro

Redação
Reprodução
Reprodução

 

Considerado um dos pioneiros da internet, o cientista norte-americano Lawrence Roberts morreu nesta segunda (31) aos 81 anos.

Segundo informações do portal UOL, Larry Robertsum, como também era conhecido, sofreu ataque cardíaco na casa onde Roberts morava, em Redwood, na Califórnia, no último dia 26 de dezembro.

Nos anos 60, o cientista ajudou a desenhar e construir o que no futuro viria a ser a internet. Larry Roberts comandou no Pentágono parte da Agência de Projetos de Pesquisa Avançada dos Estados Unidos (Arpa, na sigla local), que tinha a missão de criar uma rede de computador chamada Arpanet, conhecida por ser a precursora da internet.

De acordo com a publicação, o trabalho do cientista foi ainda de recrutar engenheiros para construir e testar o hardware e software necessário para que o sistema fosse desenvolvido. As tecnologias inovadoras da Arpanet ainda sustentam a internet usada até os dias de hoje.

Pela sua contribuição no desenvolvimento da web, Roberts é considerado um dos pais fundadores da internet – assim como Vint Cerf, Len Kleinrock, Bob Kahn e Tim Berners-Lee, cada um com uma contribuição diferente.

Filho de dois químicos, o cientista escolheu a eletrônica por ser um campo de estudo que tinha uma visão mais futurística.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.